sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Antônio Prado

Novas paisagem e novas histórias

Chegar em Antônio Prado e passar por um túnel de belezas. Aquela estrada tortuosa, acentuada no declive, anuncia a beleza que encontraremos. Famílias caprichosa se organizam na rodovia com suas videiras prontas para dar frutos e depois tudo de bom que o fruto dá. O verde, o movimento do vale, os morros, a profusão de vida em cada curva é um convite para as novas histórias. Saí de lá renovada no olhar e com idéias fresquinhas para por em prática.
Quem sabe a história de uma menina que presenva o seu pomar sempre lindo até o dia que as frutas resolvem criar seus próprios sabores e cores. A maçã fica amarela com gosto de bala de laranja. O tomate vira gremista e fica listado de azul, preto e branco e quando é colhido do pé canta o hino do time. As couves se cansam do verde e nascem com as cores do arco-íris, cada folha com um sabor diferente.
Mas o pior aconteceu com as uvas. Essas sim, mudaram a história pra sempre.

Vou parar por aqui que já estou entupindo de novo.

E muito obrigada pelas mensagens.Espero por outras e outras e outras.
Grande abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário