quarta-feira, 26 de setembro de 2012

João-de-barro no Sinodal

Um emaranhado de segredos estavam pendurados sobre a porta de entrada do auditório onde falei com os alunos do Colégio Sinodal. Cada segredo devidamente amarrado e bem guardado. E, feito a casa do joão-de-barro, ganharam em espaço especial num galho bem firme.
Essa recepção foi a primeira surpresa que tive com leitores naquela tarde. Casas confeccionadas, desenhos muito lindos e mais segredos ornementavam os murais no interior da sala.
Eu já estava bem contente com tudo isso, mas a surpresa mais legal de todas foi a chegada da gurizada cheia de ideias na cabeça e perguntas para fazer.
A turma da manhã me encheu de questionamentos interessantes. Muita conversa boa rolou. Acho que o João-de-barro gostou de ver tanta janelinha aberta por onde ele passou.
A turma da tarde cantou o Mistrof como ninguém. E gostaram de ouvir histórias novas e brincar com o Bartolomeu.
Saí cheia de cores e novas histórias para contar.
Assim que as fotos chegarem coloco aqui para compartilhar.
Até!

Nenhum comentário:

Postar um comentário