sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Nova Prata

Como é bom voltar num lugar e ver  que a vassoura do esquecimento não passou por ali. Quando escrevemos queremos que nossos textos sejam pra sempre. Eternos na cabeça de quem lê. Foi isso que senti em Nova Prata esse ano.
Primeiro conversei com grupos para apresentar os livros. Foram muitos grupos e muitos livros. Conversa animada, já cheia de perguntas. Depois voltei pra casa e esperei o tempo passar.
Meses depois voltei lá. Num ginásio todo enfeitado. ALBERTINA por todo o lado. MURO em cada canto. Muito lindo de ver, mas o mais interessante foi conversar com a galera. Esses pequenos leitores ainda tinham na memória os detalhes de cada livro. Os místérios de cada história.
Foi bom participar desse momento.
Foi bom estar presente naquela hora.
Parabéns Prefeitura, pelo projeto.
Parabéns Roger, pela alegria. Ops, parabéns Tertulino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário