terça-feira, 18 de janeiro de 2011

tempo de leituras

O bom das férias é ter um tempinho para "estar de banda". Essa gíria antiguinha que José Castelo falou numa Roda de Leitura da Suzana Vargas que participei, me fez lembrar de tantas vezes que estar assim, com tempo e sem destino, me fez tão feliz. Estou usando esse estadinho para ler e reler. Foi o que fiz com a deliciosa maravilha da Stela Maris Rezende, esses livros dentro da gente , coisa boa de se ter por perto. Abaixo um pedacinho.

"Tem que gostar de chuva no telhado. De borboleta na manhã de sol. De vozes abafadas na cozinha. De ruídos. De gestos. De cadeiras, cortinas, escadas, tigelas, pratos, garrafas, bules, anéis, forrinhos de crochê e espelhos. De rostos. De olhares. De barracões. De todas as dúvidas. De todas as perguntas."

Editora casa da Palavra

Nenhum comentário:

Postar um comentário