sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Tarde fria em Antônio Prado

Nada mais inspirador do que uma paisagem esfumaçada pela nebrina e um frio super introspectivo. Foi assim a tarde de ontem. Abaixo estão os frutos que consegui colher. Se a grafia de algum nome estiver incorreta, por favor, enviem a grafia certa que altero  aqui.

A folha da árvore cai
o vento leva
as flores amarelas

Margarete Zulian Pauletti, Marcia Adriana Fialho

No auge da amizade
no rio a pescar
e valores a perpetuar

Carina Marin, Maria Inês Chilante, Zelinha Angiliero

O dia amanhecendo
nossos corpos congelando
e as tias da creche esperando

Eliane Pasa, Sandra de Castro, Sônia Contin

Folha da árvore
cai no embalo
do outono chegando

Emília Helena Roldo Fieppo, Veridiana Zanotto Scopel, Maria Pasa Ravanello

Na noite fria
a neve caía
e a fada surgia

Karina Madalozzo,Marilene Rizzi, Marisol Barbieri, Neilse Tieppo

Pensamento ao vento
sonhos de criança
em nossa lembrança

Joceuler, Liége, Suzana, Dirce

No colo da sua mãe
a pequena menininha
contempla as andorinhas

Mara, Nenci, Denise

Folha da árvore
balança com o vento
até cair no chão

Juceli Sandi, Marisa Anzileiro, Justina Verdi, Natália Guzzo

Folha na árvore
balança ao vento
como penamento

Ivani Maria Bellé, Mª Luisa Ciconetto

Menina sonhando
um balde carregando
infância passando

Deisi Serafin, Márcia Torresan,Jaqueline Gerinzelli

Folha da árvore
cai no chão
é outono, então.

Janete Nardello, Ivanete Anghinoni, Wilmania Macagnan

Menina singela
olhando a janela
esperando o pai dela

Ivani, Célia, Marlise

Sol brilhando
cavalo pastando
férias chegando

Nilva, Geni

Sol brilhando
sonho adormecido
 no meu olhar

Ivete, Jussara, Alessandra

Nenhum comentário:

Postar um comentário