segunda-feira, 12 de julho de 2010

Descobrindo o Saber

Cabeças cheias de ideias e prontas para receber um bocado de coisas bonitas. Foi isso que encontrei na escola DESCOBRINDO O SABER. Durante a tarde os grupos que conversaram sobre o livro IBERÊ MENINO puderam decsobrir mistérios escondidos nas obras desse artista e conhecer fatos da sua infância. A aventura foi total.
-A mãe costurava e o pai viajava, por isso tinha tanto trem e tanto carretel nos quadros, né?
-Tinha até trem de carretel.
-E um montão de coisinhas escondidas.
Esse diálogo seria natural de ouvir num grupo de estudantes de arte, ou alunos do ensino médio, ou ainda visitantes de museus e apreciadores do artista. Mas presenciar essa conversa entre crianças de três e quatro anos é realmente maravilhosos. E foi isso o que eu vi.
Estão de parabéns os alunos e a escola que propõe um trabalho qualificado assim.
No final da oficina cada grupo pode brincar de carretel e construir suas próprias imagens. Sempre que posto essas fotos penso o mesmo: elas são bonitas e o resultado, criativo, mas o que fica mesmo não aparece em foto alguma, a menos que se possa fotografar o brilho do olhar de cada um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário