quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Depois do carnaval

Durante esse verão li muito jornal. O tempo livre deixou espaço para ler tudo e todos e ainda sobrar tempo de reler. Então resolvi resumir essas leituras e seus ensinamentos.

1º: Martha Medeiros me ensinou que Carnaval é como futebol. Ou a paixão toma conta do seu coração ou é impossível de entender. Faço parte do segundo grupo.
2º:O Arnaldo Jabor mostra que os tempos passados são lindos, assim como as suas palavras nesse artigo.
Tenho vontade de botar uma camisa amarela, sair com um reco-reco e um pandeiro na mão e sumir no turbilhão da galeria da minha vida que já passou.
3º:Carlos Vilaró desfilando no seu carnaval Uruguaio cheio de Candombe embalando seus 87 anos. Tudo de bom.

Mas o bom mesmo é que o mundo está voltando para os eixos e se formos inteligentes o suficiente, traremos para a vida um pouco da alegria do carnaval para seguir. Foi o que propôs Scliar e eu aceitei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário