segunda-feira, 14 de setembro de 2009

ARTE E CARINHO - FOTOS








Foi muito devertido o nosso encontro na escola Arte carinho. Olha o pessoal registrando o momento.

HISTÓRIAS

Durante a tarde construímos algumas histórias muito criativas.

G6 e G7 -Professoras Melina Galvão e Roberta Ávila

Os 7 amigos

Era uma vez uma menina que não sabia falar, ouvir e cheirar. Ela não gostava disso e vivia triste. Um dia apareceu um menino que sabia ouvir e ensinou tudinho para ela. Eles queriam ter amigos e sairam pelo mundo procurando de pessoas que gostariam de ser seus amigos, também.
No caminho apareceu um cachorro que sabia ver , ouvir e falar. Ele fugia de uma cachorro. O cachorro era muito rápido e todos entraram na mata atrás dele. Lá tinha um índio que tentava capturar o cachorro. Ele tinha um machado, um arco, uma flecha e muito medo da aranha.
Ele, um dia, avistou a bola do cachorro rolando pela mata, foi atrás dela e enxergou o cachorro. Então, ele pegou suas arma e acertou o cachorro. Sua intenção era salvar o gato. Só que ele percebeu que machucou o cachorro. Ele ficou muito triste e foi conversar com o menino e a menina. Não adiantou nada. No caminho ele encontrou uma aranha que o picou no pé, como castigo. O índio começou a gritar tão alto que os bichos e as pessoas da mata apareceram para ajudar.
Junto veio uma tartaruga sábia, ela tinha calma para ensinar e sabia ouvir, falar, cheirar, enxergar e até cantar. Todo mundo aprender e queriam comemorar. Então a tartaruga convidou Clarinha, uma amiga sua, para organizar uma festa. O mais estranho é que ela era cega, mas conseguiu organizar tudo e ainda se divertir.
G5 Professoras Nádia Machado, Fabiana Rubim e Luana Heberle
O castelo no fundo do mar
Era uma vez uma sereia que queria se transformar em pessoa. Ela morava no fundo do mar e sonhava em morar na terra. Um dia, ela estava sem fazer nada e um pouco chateada por isso, e passou pela sua frente uma bola. Ela foi atrás e descobriu que era uma bola mágica. Ela olhou firme para a bola e fez um pedido:
-Por favor, bola mágica, me transforma em gente de verdade.
A tartaruga e sol ouviram o pedido e, como tinham o mesmo desejo, vieram para perto da bola pedir também.
Não dava. A bola explicou tudinho, mas eles não conseguiam entender.
Como o sol estava muito forte todo mundo ganhou óculos para usar enquanto o problema não se resolvia. Uma menina apareceu e convenceu todo mundo a entrar na água e viver lá para sempre, já que fora d'água, com o sol bem pertinho, estava muito calor.
Quando entraram na água o sol virou água marinha, a pequena sereia virou gente e o cachorro bebeu tanta água que ficou gordão.
Uma bruxa sapo-chegou e fez um feitiço. Transformou todo mundo em água e saiu por aí meio bruxa meio sapo, parece até que depois, muito depois, ela se transformou em dragão.
O legal da história é que, enquanto a bruxa andava por aí, o príncipe, que nem tinha entrado na história, conseguiu, enfim, se casar com a princesa e parece até que vivem felizes para sempre.
G3 e G4- Professoras Lisandra Oliveira, Angelita dos Santos, Rachel Ruschel, Cláudia Melo
BARTOLOMEU
Era uma vez um formigueiro. Uma formiga voadora voava sobre ele e pensava:
-Como seria bom se eu pudesse ir lá embaixo.
Ela sabia que não poderia descer porque lá embaixo morava um leão que queria atacar a formiga. Ele urrava, pulava e não conseguia alcançar a formiga lá em cima. Um dia apareceu uma tartaruga que era muito lenta. O leão queria atacar a tartaruga e deu um pulo. O pulo foi tão rápido que ele se estatelou no chão. A tartaruga ainda estava lá atrás com seu passinho de tartaruga lenta.
A tartaruga escapou do leão e foi morar com a Anita. Mais tarde chegou um sapo que tentou acalmar o leão e convencê-lo a fazer outra coisa e esquecer a formiga. Ele não desistiu mas resolveu se mudar para a casa da Anita junto com a tartaruga. Moraram todos juntos por um tempo até que o jacaré chegou e espantou todo mundo.
Ele ficou sozinho, até a Anita foi embora. Ele queria uma amigo e começou a procurar. Ninguém queria ele de amigo. Ele era muito brabo e vivia brigando.
As galinhas que estavam por perto ficaram com pena do jacaré e começaram a voar deixando o céu todo colorido. Elas resolveram fazer uma festa para o jacaré e até cantaram parabéns.
Depois disso o jacaré decidiu ir morar no zoológico e ganhou uma casa só pra ele.
Agora só falta a turma das professoras Magda Pinheiro e Simone Moreira, em breve a história deles estará aqui, ok?

Nenhum comentário:

Postar um comentário