quarta-feira, 1 de julho de 2009

Viajando nas imagens
















Hoje conversei com turmas da Sogipa sobre a obra de Iberê. Cada grupo está escolhendo uma imagem do artista para construir uma releitura. Fiquei feliz da vida em ver as pesquisas que a gurizada fez junto com suas famílias sobre a vida e a obra de Iberê Camargo. Durante o dia fizemos brincadeiras que ajudaram a descobrir as histórias de passado que Iberê colocava em seus quadros. Depois construimos nossas próprias histórias escondidas nas imagens que construimos. Dêem uma espiadinha para conferir.

A JANELA
(grupo B-tarde)

Era uma vez uma janela que ficava numa casa no meio do Rio Grande do Sul. Ela ficava sempre aberta e a gente podia ver tudo o que acontecia e passava por ela. A gente viu um cachorro, um gato,um cavalo, uma amora, uma laranja e um super jacaré. O seu super poder era uma magia. A magia de desaparecer. Quando ele desaparecia o seu corpo fazia uma barulhinho assim: PLIM!
A bruxa Meméia ouviu o PLIM e foi morar num hotel das princesas, ficou com medo de morar na casa de janela sempre aberta. No caminho ela encontrou a fada maluquete. Ela era assim porque não dormia nunca e se transformava em pedra e em barco. Um dia ela até transformou um elefante comum em elefante voador.
A bruxa convidou a fada para morar no hotel das princesas junto com ela. Ela aceitou.
Quando elas chegaram no hotel o jacaré estava lá e engoliu a bruxa. Ela pegou a vassoura e voou até sair pela boca do jacaré.
Nessa hora ela viu o príncipe. Ele pediu ela em casamento. Ela não aceitou e ele resolveu procurar a Branca de Neve. Ela também não quis porque já gostava do Super Homem.
A COZINHEIRA E OS BICHOS

(turmas CeD manhã)

Era uma vez uma cozinheira. Ela viu um morcego na cama e do lado dele tinha um fede-fede. O fede-fede, quando viu a cozinheira, foi pegar a arma de água para atirar nela. O morcego acordou com a confusão e vomitou na cozinheira. Ela fugiu e foi procurar uma batata ambulante para cozinhar. A batata não queria virar comida e fugiu da cozinheira. Ela entrou num labirinto e a cozinheira foi atrás. Lá elas encontraram um cogumelo venenoso. Um falcão apareceu voado sobre o labirinto e ajudou a cozinheira e a batata a voltarem para casa.
Então, ela conseguiu dar comida para o Pedrinho.
Enfim.

O JACARÉ QUE FALAVA

(grupos A e B- manhã)

Era uma vez um avião que voava muito alto. Ele queria encontrar os backiardigans. Ele voava em cima do mar . Lá de cima ele viu um amigo seu, era o jacaré que falava.Ele se chamava UÁ!!!
Quando viu o avião o jacaré fez um pedido:
-Eu quero comida, por favor!
Só que não tinha muita comida de jacaré. O avião deu o pouquinho que tinha.
O jacaré ficou feliz, mas com um pouquinho de fome.
Então ele disse:
-UUUÁÁÁ!!!!!
A PRINCESA, O DRAGÃO E O CAVALEIRO

(grupo C-tarde)

Era uma vez uma espada que tinha uma coisa brilhante que cortava. Era a espada do cavaleiro. O dragão estava atacando a princesa quando o cavaleiro apareceu com sua espada. O dragão cuspiu fogo e o cavaleiro se protegeu com o escudo, mas o escudo ficou com um buracão assim por causa do fogo do dragão. Nessa hora o cavaleiro caiu no esgoto onde tinha um monte de ratazanas. Um crocodilo apareceu no meio do esgoto para salvar o cavaleiro. Ele levou o cavaleiro para fora do esgoto e deu um escudo novo para ele.
A princesa foi correndo para o castelo para escapar das ratazanas. Ela foi se vestir com um vestido novo para ir ao baile.
Quando a princesa chegou no baile ela começou a dançar com o príncipe e todo o mundo bateu palma para eles.
Até o dragão foi dançar depois disso.
FIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário